Resenha - O Castelo das Águias (Athelgard #1)


Depois de quase um século sem postar resenhas, voltei com uma nova resenha de um livro fantástico, cheio de aventuras e um romance fofo! 
Sem mais delongas, vamos lá!

Título: O Castelos das Águias - Athelgard #1
Autora: Ana Lúcia Merege
Editora: Draco
Nº de páginas: 192
Ano de lançamento: 2011
Skoob

SINOPSE: 

O Castelo das Águias, romance fantástico de Ana Lúcia Merege, é um lugar especial. Localizado nas Terras Férteis de Athelgard, região habitada por homens e elfos, abriga uma surpreendente Escola de Magia, onde os aprendizes devem se iniciar nas artes dos bardos e dos saltimbancos antes de qualquer encanto ou ritual.Apesar de sua juventude, Anna de Bryke aceita o desafio de se tornar a nova Mestra de Sagas do Castelo. Aprende os princípios da Magia da Forma e do Pensamento e tem a oportunidade de conhecer pessoas como o idealizador da Escola, Mestre Camdell; Urien, o professor de Música; Lara, uma maga frágil e enigmática, e o austero Kieran de Scyllix, o guardião das águias que mantêm um forte elo místico com os moradores do Castelo.Enquanto se habitua à nova vida e descobre em Kieran um poço de sentimentos confusos e turbulentos, uma exigência do Conselho de Guerra das Terras Férteis põe em risco a vida e a liberdade das águias Com o apoio de Kieran, Anna lutará para preservá-las,desvendando uma trama de conspiração e segredos que envolvem importantes magos do Castelo.

RESENHA:

O Castelo das Águias é um livro de fantasia, onde podemos conhecer personagens cativantes, bem estruturados e misteriosos. Cada um com sua história e personalidade diferentes.
A autora conseguiu criar um universo mágico onde elfos e humanos convivem juntos em aldeias e cidades. 
O que falar da Escola de Magia ? Eu diria que é uma Hogwarts diferente, pois além de haver magos, há também humanos e elfos (e descendentes de elfos) estudando e lecionando na escola. Além de que durante a história, vemos a narração nos mostrando o lado dos professores, principalmente o de Anna, a personagem principal.
Falando nela, eu adorei a personagem! Inteligente, decidida e forte! 
Anna foi criada pela avó em uma aldeia de elfos, onde existem várias Casas, a sua é a dos Lobos (podemos nos lembrar de Game Of Thrones, talvez). Ela foi convidada pelo Mestre Camdell (o Mentor da Escola) para ser a Mestra das Sagas e lecionar na escola.
O livro é todo narrado pela Anna, o que nos deixa mais íntimos da personagem.

- Não sou princesa nenhuma! - repliquei, esquivando-me ao toque grosseiro. - Nem dançarina, aliás. Sou Anna de Bryke, mestra de sagas... e professora da Escola de Artes Mágicas. 

As cenas de ação são descritas com simplicidade o que facilita na compreensão e imaginação, além de nos deixar aflitos para saber o que vai acontecer em seguida.
Não tem muita enrolação na narração, tudo é descrito de forma simples e madura.

Acho que podemos comentar sobre o romance entre Anna e o seu prometido (não irei dizer o nome, para não dar spoiler) <3
Logo quando Anna chega no castelo, já podemos perceber por quem ela se sente atraída e logo ficamos pensando se o sentimento é recíproco. 
Aqui o romance não é algo clichê que podemos ver na maioria dos livros de fantasia. É algo mais leve, mais "fofo".

- Eu, escrever ? Você é a mestra das sagas - lembrou meu prometido. - É você que vai contar a nossa história um dia.

Queria comentar que a mitologia criada pela autora me fez lembrar da Mitologia Nórdica. Não sei se a referência é de fato, mas me fez lembrar dos Deuses Asgardianos!

Enfim, posso dizer que amei a história e que com certeza irei ler os outros livros da série!
Me apaixonei pelo universo criado pela autora e pelos personagens principais.

Minha nota:

5/5



Espero que tenham gostado da resenha!

Beijos e até a próxima <3

7 comentários:

  1. Muito obrigada pela resenha, fico feliz por você ter gostado! Espero que leia mesmo os outros livros e poste suas impressões, isso ajuda muito os autores. Grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Fiquei curioso pra saber a historia kkkkkk
    muito bom, parabéns pelo post

    ResponderExcluir
  3. Ai, adoro esse cenário de magia!
    Me pareceu uma mistura de Harry Potter com Senhor dos Anéis e um cadinho de Thor... hahahaha
    Tua resenha ficou ótima e fiquei curiosa com o romance!

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Olá, vim pela integração do grupo do Facebook.
    Cara, deu muita vontade de ler o livro e esses são meus preferidos, fantasia!
    Já me identifiquei com a personagem principal, tbm me chamo Ana!

    Meu blog tá no começo, mas tbm pretendo fazer resenhas de livros.

    Até o/

    ResponderExcluir
  5. Me lembrou "O hobbit", "harry potter" e afins. Eu amo Harry Potter mas nunca tive paciência pra senhor dos anéis e hobbit, mas gostei! hahahaah

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem? Recebi esse livro para fazer resenha, mas ainda não tinha ideia da temática dele. Pela sua resenha parece ser incrível. Também gosto de histórias diferentes e que nos tiram da zona de conforto. Beijos, Érika ^-^

    ResponderExcluir
  7. Gosto muito desses livros de mitologia e fantasia, é um dos meus gêneros preferidos. Não conhecia esse então fiquei bem curiosa :D
    boa semana :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir

® Inverno de 1996 | Layout por A Design